facebook  Twiter  GooglePlus In Youtube

Resultado semestral da DSM mostra crescimento global e na América Latina

Ingredientes / Aditivos Latinoamérica

DSM teve alta de 11% nas vendas globais, que atingiram € 4,32 bilhões no primeiro semestre; na América Latina, a alta foi ainda mais expressiva, de 31,3%, quando a região alcançou € 327 milhões no período. A DSM, empresa global baseada na ciência, com atividades nas áreas de nutrição, saúde e materiais e forte atuação na América Latina, registrou desempenho extremamente positivo no primeiro semestre deste ano, com vendas globais de € 4,32 bilhões, uma alta de 11% sobre igual período de 2016, quando as vendas foram de € 3,9 bilhões.

Outros indicadores que confirmam os resultados positivos da DSM são a alta de 16% do lucro operacional (EBITDA ajustado), que foi de € 721 milhões (€ 624 milhões no primeiro semestre do ano passado); salto de 10,5% para 12,2% do Retorno Sobre o Capital Empregado (Return on Capital Employed, ROCE) no período; e alta de 42% do lucro líquido, que saltou de € 220 milhões para € 312 milhões no período.

No primeiro semestre, as vendas globais da área de Nutrição (nutrição e saúde humana, nutrição animal, especialidades alimentícias) foram de € 2,77 bilhões (alta de 9% sobre igual período de 2016), com EBITDA ajustado de € 528 milhões (alta de 14%). A área de Materiais cresceu ainda mais, com alta de 15% ao atingir vendas globais de € 1,42 bilhão; no mesmo período do ano passado, as vendas da área foram de € 1,24 bilhão. Contribuíram ainda para os resultados as vendas globais de € 84 milhões do Innovation Center e de € 32 milhões das Atividades Corporativas.

“A DSM manteve um excelente desempenho no primeiro semestre. Todas as nossas empresas estão entregando suas iniciativas de crescimento, ajudando-nos a superar o mercado. Fornecemos cada vez mais aos nossos clientes soluções inovadoras em uma mudança contínua em direção às especialidades e, além disso, estamos atentos aos nossos programas de redução de custos e de aumento da eficiência, aliada à cultura de alto desempenho e à sustentabilidade”, comenta o CEO e presidente do Conselho de Administração da DSM, Feike Sijbesma.

DSM tem 2º trimestre positivo

No segundo trimestre deste ano (2T17), as vendas globais da DSM cresceram 8% e atingiram € 2,16 bilhões (€ 1,99 no 2T16), com crescimento de 15% do EBITDA ajustado, que alcançou € 376 milhões (€ 328 milhões no 2T16), e ROCE de 12,2% (10,5% no 2T16). Na área de Nutrição, as vendas globais registraram alta de 7% e chegaram a € 1,38 bilhão (€ 1,29 bilhão no 2T16), com alta de 14% do EBITDA ajustado, que alcançou € 271 milhões (€ 237 no 2T16). Na área de Materiais, o crescimento das vendas globais no 2T17 foi ainda mais expressivo, chegando a 13% e batendo em € 725 milhões (€ 640 milhões no 2T16) e alta de 9% do EBITDA ajustado, que foi de € 128 milhões (€ 117 milhões no 2T16). Contribuíram ainda para estes resultados as vendas globais de € 41 milhões do Innovation Center e de € 15 milhões das Atividades Corporativas.

Alto crescimento também na América Latina

O primeiro semestre foi muito positivo para a subsidiária da DSM na América Latina, com crescimento de 31,3% nas vendas, que atingiram € 327 milhões, frente a os € 249 milhões registrados no primeiro semestre de 2016. Na região, a empresa está presente em 13 países e conta com uma equipe de 2.061 colaboradores (em âmbito global, a DSM conta com 20,9 mil colaboradores).

Suscribase Newsletter semanal panificacion

 ING CARN

z CON ING   

Nuevos Productos

|